• Júlio Cezar Ragazzi

Bartô, sempre foi por você: Porto tricampeão!

Atualizado: 22 de dez. de 2021

Pelo final de semana das decisões na Copa Leo Madeiras 2021, a quadra vermelha G-14 Amstel da unidade Pompéia foi palco da decisão do título entre os bons times da Roma de São Miguel/Guarulhos/Atibaia e do Porto da João Dias. Além da disputa pelo terceiro lugar entre os times do CD Juventus e Ajax. O favorito Porto buscava o terceiro título de sua história, enquanto a surpreendente Roma lutava pelo seu segundo troféu da Copa Leo Madeiras. Em uma festa muito bonita, com direito a CEO da Leo Madeiras Andrea Seibel dar o pontapé inicial, o Porto mostrou a boa categoria de sempre e venceu a Roma pelo placar de 4 a 1, conquistando dessa maneira a sua tão sonhada terceira glória. O grande destaque do jogo foi o camisa 10 Leco, do Porto, que marcou um gol e deu três assistências para os companheiros marcarem. A Roma fez um primeiro tempo muito equilibrado, mas não traduziu as boas chances em gols e acabou dominada e superada no segundo tempo. Na revanche da final de 2016, agora #tápago pelo Porto, que terminou a campanha do título com 100% de aproveitamento, seis vitórias em seis jogos.


O título do Porto tem um nome: Bartô. Funcionário queridíssimo da loja da João Dias, esteve presente em todos os jogos na faixa que a equipe pendurava nas grades das quadras e nas camisetas personalizadas, ambas levando a imagem de Bartôzin, como é carinhosamente lembrado. Mas na final foi diferente, até placa de carro teve, e foi vista por todo mundo durante a execução do hino nacional. Familiares do guerreiro palmeirense estavam presentes e foi uma catarse sem precedentes quando o árbitro Luciano apitou pela última vez determinando o tricampeonato ao Porto. Quando Franklin sofreu uns arranhões após andar de triciclo, a famosa motinha de criança, ele, ainda no chão inconsciente lembrava de apenas uma coisa: que a qualquer momento que existisse uma Copa Leo em disputa e o Porto estivesse nela, a equipe era favoritaça. Não adiantou mudar o sorteio, fazer "bololo" como o Ricardo Xerife gosta de chamar, enfrentar Chelsea, Bayern, Ajax, e Roma, fortíssimos esquadrões, nada seria capaz de impedir este título portista. Na verdade título de Bartôzin.

Jesus celebrando o quarto e último gol do triunfo portista em frente a faixa homenageando Bartô

A Roma de São Miguel, contando com uma torcida descarada do chefe de organização de eventos da Playball, foi muito valente. Chegou com 100% de aproveitamento na final, tal como o oponente e com a melhor defesa do certame, muito graças a Edson Albino, que nunca foi e nunca será albino, e que merecidamente levou o prêmio de melhor goleiro. Capitão Mineiro, Cleitinho, Wendell, Theo, Leo Alves, Valter, Alberto Juju, Henrique Talismã (o Will Smith sem o Maluco no Pedaço) e claro Michel Goiabinha, e todos os outros atletas que fizeram parte do elenco, levaram a Roma talvez onde sequer imaginavam no início do torneio e até o fim do primeiro tempo estava 0 a 0 contra o Porto, num jogo duro e parelho.


Todavia Leco, o craque do campeonato e líder de assistências, veste o branco português. João Paulo Lemos da Paz estava entre os suplentes do Porto e mudou o jogo. O único filho que Deus assumiu em toda história é do time que entrou bicampeão e saiu tricampeão (mas nem seu Pai mereceu ver o enxerto de cabelo que ele fez para escrever Porto em sua careca reluzente). Keké, que joga a Copa Busão, veio de moto para final e deu até carrinho em quadra, prefere cruzar a cidade todo dia para trabalhar na 1028 do que ir jogar no Atlético de Madrid, muito mais próximo de sua residência. Ricardo, que se dentro das quatro linhas é Xerife, gelo no sangue, mas fora é o chefe sabonete segundo Doni, montou o melhor time que já disputou esse campeonato. No seu modus operandi de contratações fez o Porto estar presente em todos os jogos possíveis das cinco edições e destas, levou três taças, em sequência. É a hegemonia azul da Leo. Parabéns ao técnico Grego, Dudu, Daniel Luiz e Lins, Carlos Juninho, Edmilson Menor, Felipe Andrade, Léo Heyts, Otávio (que ainda deve estar no Uruguai), Luquinhas Alemão, Rosivaldo Ferreira, Isa Dias (que levou o prêmio de melhor mão na bola do campeonato) e todos que contribuíram e fazem parte desta família. Procura-se adversário na Leo Madeiras para o Porto!


Gols do Porto: Leco aos 2min; Keké aos 8min; Edmílson aos 12min e Jesus aos 24min do 2º tempo.

Gol da Roma: Mineiro aos 25min do 2º tempo.


Saiba como foi a história deste jogaço com sabor de vinho português aqui:

Apesar da corneta de Cleitinho pelo primeiro gol sofrido no duelo, nada apaga o belo campeonato de Edson Albino, que falou com a nossa reportagem após o fim do confronto:


"(A Roma é) uma família muito unida (e isso) que (nos) fez chegar até aqui"

Leco, que já tem mais entrevistas nos arquivos da Playball do que todo o estoque de pregos e parafusos somados da Leo Madeiras, falou mais uma vez conosco:


"(O título) não foi sorte, foi competência"

Ricardo Xerife, o CEO da Copa Leo 2021 para recalque de Chefinho Doni (que ainda viu Kazim ignorar o fato de jogar no Borussia e tirar foto com a taça tal como o portista que foi um dia), fez um balanço do título e do torneio:


"A Copa Leo é muito importante para a empresa. Essa festa é para eles (funcionários)"

Se não ficou clara a importância de aaaahhhh le leco, leco, Leco para o Porto vamos aos números. Em cinco jogos disputados ele fez 11 gols e deu 11 assistências. Participação direta em inacreditáveis 22 gols. E nestes cinco jogos em que esteve em quadra o Porto fez 27 gols, ou seja, ele só não contribuiu em cinco tentos. Em 82% dos gols teve Leco envolvido. Não há sequer outra similaridade em nível de desempenho nos outros times. Decisivo e merecidamente eleito o melhor atleta do campeonato, além de garçom por estar no topo das assistências. Edson Albino levou o prêmio de melhor goleiro e Rodolfo Tanque do Ajax a artilharia do certame com 13 gols, única taça individual possível que Leco predador não faturou.


Fim da Copa Leo 2021. Mais uma taça para João Dias e essa a mais bonita de todas, digna da Champions Leogue. Na próxima temporada teremos novas histórias para contar neste espaço tão querido por vocês! Nos vemos na próxima rodada, que será da Copa Leo 2022.


Confira como foram os jogos da disputa de 3° lugar e a finalíssima na íntegra aqui: https://www.youtube.com/channel/UCmRq_n-xFG4cyfME0DNAUlQ


Chegou o aplicativo da Playball! Todas as informações dos nossos torneios de forma muito mais rápida e prática:

Apple IOS: https://apps.apple.com/br/app/playball/id1581789786 Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=org.ifut.playball.app


Mas se você não é dos aplicativos, sem problema, temos site personalizado do torneio com classificação, tabela, estatísticas e muito mais: https://campeonato.ifut.com.br/campeonato/copa-leo-2021


Fotos dos jogos acesse:

https://pt-br.facebook.com/playballsociety/


Ouça e siga o Playballcast, nosso podcast no Spotify: https://open.spotify.com/show/4V8MIZXcMbBAsX64Z87KJe

139 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
8-2-youtube-transparent.png
facebook-icone-icon-1.png
600px-Instagram_icon.png
Spotify-Emblema-650x366.png